Cuidado com esses 17 objetos tóxicos que estão em sua casa



Talvez você não perceba, mas nosso dia-dia é cheio de produtos aparentemente inofensivos que contêm algum tipo de toxidade e podem fazer mal à saúde.

Sim, sabemos que não dá pra jogar tudo pro algo, abrir mão de todas as comodidades da vida moderna e ir viver numa cabana no meio do mato. Mas há maneiras mais saudáveis de escolher o que você usa. No final, um bônus.

Confira.

17. Aglomerados de madeira

Por que é perigoso: As lascas de madeira e serragem coladas com resinas de ureia e formaldeído podem afetar as vias respiratórias e os olhos, além de, no longo prazo, causar câncer nos animais.

O risco aumenta se o mobiliário é antigo, uma vez que os novos são regulados por padrões mais modernos.

O que você pode fazer: Verifique os dados do produto.

De acordo com os padrões europeus, os materiais de madeira (aglomerado, MDF, OSB) devem ter uma classe de emissão que não exceda E1.

16. Tapetes

Por que é perigoso: As colas e os corantes usados ​​nos tapetes liberam compostos orgânicos voláteis (VOC), que podem causar dores de cabeça, alergias e fadiga.

O carpete é pior porque, ao contrário dos tapetes, cobre todo o piso e se gruda nele, tornando impossível remover os ácaros do pó que se acumulam debaixo dele (e também podem causar alergia e asma).

O que você pode fazer: se você comprar um tapete novo, dê preferência aos materiais naturais não tratados. Além disso, evite os tapetes grandes. Será mais fácil de limpá-los.

15. Impressora a laser

Por que é perigoso: Um estudo mostrou que as impressoras a laser emitem pequenas partículas do pó de impressão, que entram nos pulmões.

Como resultado, pode se contrair uma variedade de doenças pulmonares e cardiovasculares.

O que você pode fazer: Se não consegue se livrar da impressora a laser de casa, coloque-a em uma sala bem ventilada.

14. Purificadores de ar

Por que é perigoso: as toxinas encontradas nos purificadores de ar podem se acumular no corpo ao longo do tempo.

Esses produtos químicos (ftalatos) podem afetar os hormônios e o desenvolvimento do sistema reprodutivo.

Eles afetam principalmente de forma negativa as crianças e as mulheres grávidas.

O que você pode fazer: Adicione plantas à sua casa: são purificadores de ar naturais.

13. Mamadeiras

Por que é perigoso: O plástico de policarbonato é o material mais comum para esse tipo de produto.

O plástico produzido a partir de um produto químico chamado bisfenol A (BPA), tem uma estrutura muito semelhante ao estrogênio e, por isso, é chamado de “destruidor hormonal” .

Pode causar um transtorno hormonal grave no corpo da criança.

O que você pode fazer: Procure uma alternativa feita de materiais seguros e sempre estude o rótulo, antes de comprar o produto.

12. Colchão

Por que é perigoso: Muitos colchões têm um alto nível de éter difenílico polibromado (PBDEs).

Os problemas de saúde associados à exposição a PBDEs variam de danos cerebrais à diminuição da função reprodutiva e problemas de tireóide. Os PBDEs são especialmente perigosos para as crianças.

O que você pode fazer: Os colchões antigos provavelmente contêm substâncias nocivas.

Se faz tempo que não troca de colchão, é hora de substituí-lo por um novo (é melhor dar preferência aos produtos feitos a partir de fibras orgânicas naturais).

11. Recipientes para alimentos

Por que eles são perigosos: Muitos recipientes de plástico são feitos de produtos químicos, como ftalatos, que podem afetar os sistemas endócrino e reprodutivo, além de causar pressão alta e resistência à insulina em adolescentes.

O que você pode fazer: Se possível, use recipientes de vidro e cerâmica ou escolha os potinhos de polietileno ou polipropileno (marcadas com os números 2, 4 e 5).

Nunca aqueça os alimentos usando um recipiente de plástico fino em um microondas.

10. Garrafas de plástico

Por que é perigoso: Os produtos químicos tóxicos podem entrar na bebida. A maioria das garrafas agora é fabricada sem BPA (bisfenol A).

No entanto, esse não é o único produto químico nocivo. Então, sempre tente usar um copo de vidro.

O que você pode fazer: Transfira a bebida para uma garrafa de vidro ou para um recipiente de aço inoxidável e verifique o código da garrafa de plástico (“PP” ou código de reciclagem 5).


9. Amaciante de roupa

Por que é perigoso: Os amaciantes de roupa cobrem as peças com uma fina camada de produtos químicos tóxicos, que podem causar irritação da pele, problemas respiratórios e dores de cabeça.

O que você pode fazer: Com um uso pouco frequente e cuidadoso, os amaciantes podem ser considerados seguros, mas é melhor abandoná-los ao lavar a roupa das crianças.

Existem muitas soluções naturais que conseguem perfeitamente cumprir essa função e dar um cheiro bom às roupas após a lavagem.

8. Artigos e utensílios de teflon

Por que é perigoso: Em altas temperaturas, o politetrafluoretileno libera um gás tóxico, que se acumula no corpo.

Estudos em animais mostram que o politetrafluoretileno causa câncer, danos ao fígado e danos ao sistema imunológico.

O que você pode fazer: Escolha aço inoxidável ou ferro fundido.

Se não está pronto para desistir de sua panela de teflon favorita ou de seus utensílios de cozinha, não use faca, garfo ou outro objeto de metal ao cozinhar.

Caso contrário, sua superfície pode ser danificada.

Esfregue estes utensílios em água morna com uma esponja bem macia e detergente líquido.

7. Cortinas de banho

Por que é perigoso: os ftalatos também são usados ​​para amaciar o plástico, uma questão fundamental para a fabricação de cortinas de chuveiro.

O ftalato é perigoso para as crianças, afetando as funções do cérebro, além de ser uma ameaça que pode reduzir a capacidade de aprender e prejudica a memória.

O que você pode fazer: escolha cortinas de plástico não tóxicas (PEVA) ou dê preferência aos materiais naturais (algodão, bambu, cânhamo).

6. Consoles de videogames

Por que é perigoso: Os ftalatos e outras substâncias prejudiciais podem ser encontrados nos cabos de alimentação dos dispositivos e nos cabos de controle e retardadores de chama, que podem ser encontrados nas placas de circuito impresso, que estão relacionados a falhas no desenvolvimento do cérebro.

O que você pode fazer: Não abuse do entretenimento eletrônico.

5. Desinfetante para as mãos

Por que é perigoso: O triclosan é amplamente utilizado para a eliminação de micróbios e é encontrado em quase todos os lugares, desde desinfetantes para as mãos até na pasta de dente. Mas pode causar problemas hormonais, incluindo problemas na gravidez.

O que você pode fazer: Evite produtos antibacterianos, use sabão normal; ele eliminará a mesma quantidade de germes.

Se você não consegue ficar sem um desinfetante para as mãos, escolha um que tenha como base o álcool e não inclua triclosan, triclocarban ou qualquer outro produto químico similar.

4. Papel higiênico

Por que é perigoso: Se você vir a palavra “perfumado” no rótulo, isso significa que existem ftalatos e outras substâncias prejudiciais na sua composição.

Embora os efeitos dos ftalatos sejam principalmente decorrentes da sua inalação. Essa substância pode causar sérios problemas pelo contato com a pele.

O que você pode fazer: Quanto mais simples, melhor.

Escolha os produtos sem perfume e dê preferência àqueles com uma fabricação mais simples, porque a probabilidade de presença de formaldeído no papel higiênico caro é muito maior.

3. Toalhas de teflon

Por que eles são perigosos: As toalhas de teflon contêm um alto nível de chumbo, um metal neurotóxico que é perigoso para as crianças e mulheres grávidas.

O que você pode fazer: Dê preferência aos tecidos naturais (algodão e linho).

2. Tapetes antiderrapantes

Por que são perigosos: O material em tapetes antiderrapantes contém ftalato e cloro.

Os cientistas da ONG americana Healthy Stuff recomendam que se evite qualquer produto que contenha vinilou PVC.

O que você pode fazer: Usar trilhos ou corrimões para manter o equilíbrio e não escorregar sem precisa r do tapete.

1. Sofás

Por que eles são perigosos: A composição de proteção contra foto em tecidos mais utilizados em sofás contém éteres de polibromodifenilo (PBDEs), que causam problemas de saúde como problemas de tireóide e danos ao cérebro e ao sistema reprodutivo.

O que você pode fazer: Substitua esses móveis antigos por outros modernos.



Comentar

thirteen + three =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.